Olá, leitores!

Hoje, estamos no ateliê de Vincent van Gogh!

Confira todos os posts anteriores: Clique aqui!

Caindo de paraquedas:

Vincent em Quadrinhos vem nos mostrar um recorte da vida deste gênio, que começa em 1888, quando Vincent muda-se para Arles, no sul da França, onde lá ora está em meio aos trigais outrora em meio aos girassóis, mais do que isso, com um traço belíssimo, Barbara Stork mostra o caráter forte do pintor, que viveu pouco, mas mudou drasticamente a maneira de apreciar a arte.

Resenha:

Vincent van Gogh tornou-se um gênio apenas após a sua morte, possui uma história belíssima, num invólucro de extrema dedicação, amor, personalidade forte e loucura. O retrato da passagem, que muitos consideram a mais produtiva de sua carreira, é mostrada de uma forma simples, no entanto, de forma alguma, simplória, a Graphic é inclusive premiada, que fez Barbara Stok, a autora, ganhar o prêmio de melhor autor de HQ de 2009, na Holanda.

Como já dito, em Arles foi onde Vincent desenhou grandes quadros da sua carreira, ele se sentia bem por estar próximo a natureza e poder fazer a sua arte tranquilamente.

Todos nós possuímos problemas e dificuldades na vida, para fugir disso tudo nós buscamos, de diversas maneiras, tentar superar os percalços que aparecem, no caso de Van Gogh era o trabalho, nós notaremos que ele leva a sua arte muito a sério, que briga com amigos e jamais, JAMAIS! desiste de acreditar nele mesmo. A Graphic ainda se destaca por ter algo bem legal, possuir as cartas trocadas do Vincent com seu irmão, são momentos bem tocantes, de conversas de dois irmãos que se amam e que se preocupam um com o outro. Vincent em Quadrinhos é uma obra linda e melancolica, por diversos momentos emocionante e triste, não perca a oportunidade de adquirir este belo exemplar que merece estar em qualquer estante dos amantes deste tipo de leitura.

“Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar.”
Vincent Van Gogh

Situando-se:

Barbara Stok nasceu em 1970 em Gronigen, na Holanda. Trabalhou como fotógrafa e jornalista até estrear, em 1998, com o livro de tiras Barbaraal tot op het bot, no qual retratava o próprio cotidiano. Seu traço original, sua narrativa delicada e sua maneira de amplicar pequenos detalhes da existência fizeram sucesso. Vincent é seu oitavo livro, no qual ela trabalhou por três anos, com apoio do Museu Van Gogh, de Amsterdã.

Além das Páginas:

A estreia estava prevista para setembro de 2016, no entanto, ainda estamos na expectaviva, do que eu estou falando? Está sendo produzida uma animação a partir de pinturas a óleo sobre Van Gogh, o longa metragem se chama Loving Vincent e conta com mais de 100 pintores que reproduzirão as técnicas do Gogh em mais de 62000 quadros, o projeto também contou, inicialmente, com um financiamento coletivo que arrecadou mais de 50 mil libras. Só nos resta esperar <3

Assista também ao trailer:

Gostou do conteúdo?

Comente, será um imenso prazer conversar com você!

Quer que mais pessoas saibam do assunto? Compartilhe, pois me ajudará muito!

Quer me indicar livros, elogiar, sugerir ou criticar? Envie um e-mail para contato@vidaliteraria.net!

Siga-me também nas redes sociais para ficar por dentro das novidades.